ago 18 2021

Projeto da Zoetis apoia pequenos produtores de leite


Criar um futuro mais saudável e sustentável. Orientada por esses princípios, a Zoetis desenvolveu o “Programa Gado de Leite”, em parceria com a SEI Consultoria e o IBS – Instituto BioSistêmico, com a sua missão de compartilhar conhecimento e boas práticas leiteiras com pequenos pecuaristas. Dessa vez, o município de Promissão recebe o projeto, visando levar aumento de produtividade e mais qualidade de vida a pequenos produtores da região.

“Com o Programa aliamos responsabilidade social com boas práticas na pecuária. Essa é uma oportunidade da Zoetis ir além e contribuir diretamente com o crescimento desses produtores levando o melhor em informação, treinamento e tecnologia”, afirma Ricardo Vicalvi, Diretor de Comunicação e Responsabilidade Social e Assuntos Públicos da Zoetis.

Em Promissão, local desta edição do programa, o projeto, que durará um ano, realizou parceria com uma cooperativa local, que reúne mais de 300 associados e entrega entre 30 e 45 mil litros de leite diariamente. Trata-se da Cooplenor – Cooperativa dos Produtores Familiares de Leite da Região Noroeste. Foram selecionados 30 produtores.

“Estamos trabalhando com 10% dos assentados da Cooplenor. Com auxílio da cooperativa, que relatou a necessidade de trabalhar os aspectos de melhorias na qualidade de ordenha, do padrão genético e combate à mastite subclínica, conseguimos mobilizar os participantes”, diz João Paulo Altenfelder, Sócio-Gestor da SEI Assessoria em Sustentabilidade.

O programa irá levar para os pecuaristas informações sobre qualidade do leite (qualidade da ordenha, presença de mastite, pré e pós dipping, normas regulatórias etc.), nutrição animal (qualidade e equilíbrio da ração oferecida para os animais e produção de volumoso) e saúde reprodutiva (ultrassom nas vacas, identificação de problemas reprodutivos, programação de animais para o processo de inseminação). Paralelo a isso, os pequenos produtores também aprenderão sobre gestão financeira da propriedade.

Com a execução técnica do IBS, o programa irá direto ao produtor com veículos com os equipamentos para exame local, tomando todos os cuidados e medidas de prevenção contra a covid-19, promovendo ao longo de um ano momentos para compartilhar conhecimento. A ação tem apoio da Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo por meio do Instituto Biológico e também da prefeitura de Promissão.

O Programa Gado de Leite foi implementado no primeiro semestre de 2017 nos municípios de Areias e São José do Barreiro (SP), cuja produção de leite em 2014 foi de cerca de 23 milhões de litros por ano, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A iniciativa teve como principais objetivos cinco pilares – Manejo Reprodutivo, Manejo Sanitário, Capacitação e Gestão e IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo), que envolveram melhorar a qualidade da ordenha e do leite, ampliar os conhecimentos de alimentação e sanidade, com destaque para o planejamento da nutrição animal, e elevar a melhoria genética e de saúde do rebanho.

Em dois anos, o Programa resultou em aumento de produtividade e mais qualidade de vida a pequenos produtores do Vale Histórico do Vale do Paraíba. Todos os participantes conseguiram aumentar a taxa de prenhez, cuja média subiu de 40% para 50% durante o período de atuação do programa. A mortalidade dos bezerros caiu 93%, e a mastite clínica, presente em 30% das fazendas no início do programa, foi controlada após seis meses.

Dentre os 20 produtores atendidos diretamente pelo programa, a produção total de leite aumentou 13%, de 73,5 mil para 83,2mil litros por mês. Com o aumento de produção e melhora na qualidade, a receita dos produtores também subiu: foi 16% maior, em média em 2018 em relação ao ano anterior.