jul 23 2021

Cresce a preocupação dos produtores rurais de SP com a crise hídrica


A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) voltou a chamar a atenção para a importância de as autoridades estudarem meios de amenizar os impactos da falta de água no setor produtivo e alta no preço dos alimentos.

“O avanço da crise hídrica e as incertezas quanto ao aumento na conta de energia acenderam novo alerta para os agropecuaristas paulistas”, afirma Fábio de Salles Meirelles, presidente da Faesp, em nota.

Segundo a entidade, a preocupação com a crise hídrica faz redobrar a atenção com o uso de água e sua distribuição no campo, para evitar problemas de abastecimento.

“O planejamento dentro da porteira é essencial, mas as autoridades precisam estar atentas e oferecer apoio para amenizar o impacto da seca, falta de chuva que, somados à crise energética, poderão atrasar a próxima safra”, diz Meirelles.

Valor Econômico