fev 24 2021

Arroba do boi estabiliza nos R$300 e depende de novas altas da carne para ganhar fôlego


Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o analista da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, destacou que o cenário para o mercado do boi gordo segue com oferta restrita de animais terminados. “Em São Paulo, as negociações estão estáveis ao redor dos R$ 300,00/@ e os preços da carne não estão reagindo no atacado. Sem uma valorização da carne no atacado é muito difícil que os valores da arroba ultrapassem esse patamar”, informa.

A demanda por proteínas animais segue muito debilitada no mercado doméstico com a retirada do auxílio emergencial e despesas de início de ano. "Nós estamos em um período que conta com muitas despesas para o consumidor médio e isso acaba comprometendo o escoamento de carne. Como a carne bovina continua muito elevada podemos ter uma migração para a carne de frango que é uma proteína mais acessível”, relata.

Os preços da carne bovina em São Paulo estão ao redor de R$ 18,20/kg, que seria equivalente ao um animal de R$ 270,00/@. “As indústrias que operam no mercado interno estão passando por problemas operacionais com a redução da capacidade de abate. A média das programações de abate giram em torno de 2 a 3 dias úteis nas principais praças pecuárias“, aponta.

No início de fevereiro, os chineses ficaram ausentes das compras de proteínas animais em função do feriado lunar. “Aos poucos a China está retomando as compras para recompor seus estoques, por isso o mês de março vai ser muito importante já que a China tende a adquirir maiores volumes de carne”, comenta.

Notícias Agrícolas