jan 14 2021

Mercado do boi gordo segue em alta


O cenário de consumo doméstico mais fraco de janeiro tem sido ignorado na precificação do boi gordo.

Quem tem dado as cartas no mercado é a oferta curta de boiadas, com pecuaristas fora dos negócios nas últimas semanas e exportações em bom ritmo.

As chuvas atrasaram em diversas regiões, o que influenciou a oferta de pastagem. De toda forma, a condição atual das pastagens é suficiente para dar tranquilidade para reter os animais. Os bons preços do gado vendido em 2020 ajudam no cenário de caixa para subsidiar tal estratégia.

Mesmo que o mercado esteja com força, e está, aproveitar bons momentos de preços para garantir cotações mínimas é algo a ser considerado.

Uma mudança de sinalização da curva de juros (para cima) na reunião do Copom da próxima semana, como efeito dos dados de inflação maiores que as expectativas, tem potencial para afetar negativamente a cotação do dólar frente ao real, o que poderia acalmar o mercado futuro (pelo impacto em exportações), assim como as possibilidades de garantia de preços.

A segunda quinzena tende a ser lenta no mercado doméstico, mas se não houver mudança importante na oferta, o mercado tende a seguir firme.

Hyberville Neto / Scot Consultoria