dez 18 2020

MT: preço do leite pago ao produtor aumentou 23,07% no comparativo anual e ficou cotado a uma média


O preço do leite pago ao produtor aumentou 23,07% no comparativo anual e ficou cotado a uma média de R$ 1,34/l. Este cenário foi reflexo de uma demanda mais aquecida durante o ano, enquanto a oferta seguiu enxuta. Por mais um ano, o índice de captação apresentou queda.

Desta vez, de 7,39% ante a 2019 em virtude do menor volume de precipitações no estado. Com a demanda interna mais aquecida devido à liberação dos auxílios, nas indústrias, os derivados lácteos, como o queijo muçarela, o leite UHT e a manteiga apresentaram acréscimos significativos de 35,80%, 23,21% e 3,48%, respectivamente.

Diante da valorização mais intensa nas cotações dos insumos, a relação de troca entre o leite/farelo de soja, o leite/car. algodão e o leite/milho aumentou em torno de 21,73%, 28,99% e 45,63%, na mesma ordem, ante a 2019.

As informações são do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária - IMEA.