dez 18 2020

Pressão de baixa, mas ritmo de negócios diminuindo


O mercado do boi gordo segue com pressão de baixa, na grande maioria com a oferta de carne para o final de ano já produzida ou escalada.

Por outro lado, o pecuarista tem estado ausente dos negócios e a tendência é de que o marasmo se intensifique nas próximas semanas, nas quais os estoques do atacado e varejo devem ser escoados, em um ritmo a ser acompanhado de perto.

Depois, no início de janeiro, normalmente a movimentação segue pequena, com produtores fora das vendas e sem grande ímpeto de compradores, já que o consumo do mês costuma ser lento.

Em resumo, o cenário deve continuar de testes de preços menores, mas que devem encontrar uma oferta cada vez menor, limitando as oscilações na segunda metade do mês.

Hyberville Neto
Scot Consultoria