dez 4 2020

Mercado do boi gordo ainda pressionado


A pressão de baixa continua no mercado do boi gordo. As programações de abate têm sido mantidas com o nível de oferta (e de abates) atual.

No atacado de carne bovina, as cotações cederam, tanto para os cortes, após 23 semanas consecutivas de valorizações, como no atacado com osso.

É possível que tenhamos algumas empresas pagando mais, pontualmente, para fechar as programações para o escoamento de final de ano.

Apesar de possíveis negócios melhores, mais pontuais, o cenário esperado para as próximas semanas ainda deve ser de pressão de baixa para o boi gordo, seguido por um momento de mercado mais parado com o período de final de ano, com pecuaristas fora das vendas.

Enquanto isso, a evolução das tratativas das vacinas mundo afora vai impactando o câmbio, o que, apesar de certamente benéfico em um segundo momento (pela saúde pública, economia e demanda), em curto prazo pode afetar os embarques, se a desvalorização do dólar continuar frente ao real. É um ponto a ser acompanhado em curto prazo.

Hyberville Neto
Scot Consultoria