out 19 2020

Vacinação contra BVD pode aumentar a produção de leite


A Boehringer anunciou que os resultados do estudo ADVANCE, conduzido pela empresa na Europa e publicado na PLOS One², uma publicação revisada por pares, concluíram que as vacas vacinadas contra BVD produzem mais leite do que suas companheiras de rebanho não vacinadas. Além disso, o estudo traz uma nova percepção sobre a BVD na produção de leite. Entre outras descobertas, o estudo apontou que:

• A BVD não só causa baixa fertilidade, mas também uma perda significativa na produção, mesmo em ambientes onde se presume que os animais tenham proteção, devido à exposição anterior à doença;

• Vacas vacinadas produzem mais leite do que vacas não vacinadas, mesmo em rebanhos com BVD endêmica;

• O benefício econômico da vacinação na produção de leite é de até € 63 por vaca por lactação³.

“A BVD é uma das doenças mais importantes que afetam o rebanho. Ela tem um profundo impacto negativo na saúde animal e na lucratividade dos pecuaristas. O estudo aumenta a nossa compreensão científica desta enfermidade complexa e tranquiliza nossos veterinários e pecuaristas que, ao optar pela vacinação, obtêm benefícios adicionais”, comenta o doutor Gerald Behrens, Head de Marketing Estratégico global de Grandes Animais da Boehringer Ingelheim.

Para Nivaldo Grando, diretor da área de Grandes Animais no Brasil, apesar de causar inúmeros prejuízos ao gado de leite, a BVD ainda é tratada com pouca atenção no Brasil: “O pecuarista e os médicos-veterinários sabem que a BVD é uma enfermidade que causa prejuízos à produção de leite, mas ainda há espaço para mais debates e informações sobre o tema. A pesquisa nos traz novas perspectivas para o tratamento da doença”, diz. “O investimento em prevenção normalmente é muito inferior ao prejuízo causado por uma doença no rebanho”, finaliza.

O estudo foi realizado em propriedades rurais da França, Itália e Reino Unido e é o maior ensaio de pecuária revisado por pares na Europa. Para a realização, foram coletados dados de 1.197 animais (representando 1.559 lactações).

Além disso, as conclusões do ADVANCE podem ser avaliadas adicionalmente para análises de custo-benefício em programas de controle de BVD, uma vez que as perdas na produção de leite são um componente importante das perdas econômicas ocultas devido à doença.

Fonte: Revista Rural