out 16 2020

Leilão Nelore Mocho CV faturou R$ 9,7 milhões


Sucesso total no Leilão Nelore Mocho CV, o remate mais aguardado do ano, realizado em parceria com o programa “De Olho na Fazenda”, do Canal do Boi. Entre os dias 18 e 30 de setembro, foram comercializados 792 animais PO de genética apurada no valor total de R$ 9,7 milhões e média geral de R$ 12.247.

Foram arrematadas 392 novilhas e matrizes prenhes ou prontas para próxima estação de monta no valor médio de R$ 10.000, além de 400 reprodutores mochos de 20 a 24 meses de idade e touros de repasse da safra 2017, ao preço médio de R$ 14.500, a maior oferta do ano para a raça. Os pagamentos foram fixados em 10 parcelas (1+9). Os touros ofertados possuem índice médio de 18 pontos e Top 10% para o MGTe.

Os animais foram comercializados para 102 diferentes investidores de 12 estados (SP, GO, ES, RR, MT, MS, MA, BA, RN, TO, MG e RJ). Todos os exemplares registrados pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e avaliados pelo Programa Nelore Brasil, da Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP).

Segundo o titular da marca CV, Carlos Viacava, o bom resultado do leilão é fruto do trabalho de seleção genética do plantel que, neste ano, completa 34 anos. “Nesta edição ‘De Olho na Fazenda’, registramos muita recompra, com clientes recorrentes da nossa genética, além de novos compradores. Por isso, estamos satisfeitos com o modelo deste leilão e, tencionamos repeti-lo em 2021”, ressalta.

O pecuarista ainda ressalta que dois detalhes muito relevantes - os prazos para pagamento menores, de 1+9 parcelas, e o rateio das despesas de frete com os compradores - não afugentam os compradores pecuaristas, muito dos quais aproveitaram o desconto de 5% para pagamento à vista. O remate eletrônico foi realizado pelas leiloeiras MB Leilões e Leilosul e transmitido pelo Canal do Boi.