set 18 2020

Carta Leite - Queda na captação de leite no segundo trimestre


No início de setembro, foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) os resultados da segunda Pesquisa Trimestral do Leite.

Os dados são referentes ao volume de leite adquirido e industrializado pelos laticínios com inspeção municipal, estadual ou federal no segundo trimestre de 2020.

No primeiro trimestre

No primeiro levantamento, relativo a janeiro a março, a produção crescera 1,4% frente ao mesmo período no ano passado.

Em meados de março, com o advento da pandemia causada pelo coronavírus no país, as medidas restritivas e a queda na renda da população trouxeram prejuízos ao mercado do leite, o que gerou incertezas em relação à produção no campo.

No segundo trimestre

Nesse cenário, no segundo trimestre, o volume de leite adquirido pelas indústrias caiu. No período, foram captados 5,76 bilhões de litros, 1,7% menos que no segundo trimestre de 2019.

No entanto, a produção maior no primeiro trimestre do ano contribuiu para que no acumulado do primeiro semestre o volume captado crescesse 0,4% na comparação feita ano a ano.

Reação na produção em julho e agosto

De acordo com os dados do Indicador de Captação de Leite da Scot Consultoria, a produção de leite reagiu em julho e agosto.

O índice subiu 6,2% em julho, comparado a junho. E em agosto houve incremento de 2,3% no volume de leite captado. No entanto, em relação a igual período do ano passado, os volumes foram 1,7% e 1,5% menores, respectivamente.

A reabertura do comércio em determinadas regiões e o pagamento dos auxílios emergenciais favoreceram a recuperação da demanda interna por leite e derivados, depois da queda nos primeiros meses de pandemia.

Esta reação no consumo na ponta final gerou uma procura maior pelos laticínios por matéria-prima (leite cru), o que fez o preço do leite ao produtor subir nos últimos pagamentos.

Associado às altas nos preços do leite pago ao produtor desde junho, o forte incremento produtivo no Sul do país (safra) também contribuiu para que o volume produzido no campo aumentasse.

Fonte: Scot Consultoria