ago 20 2020

Passagem de bastão


Depois de mais de uma década, o ex- ministro da Agricultura Francisco Turra encerrou ontem sua gestão à frente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que representa as agroindústrias de frangos e suínos, passando o bastão para Ricardo Santin. Desde 2008, a avicultura nacional ampliou sua inserção do mundo, abrindo mercados relevantes como a China. Líder no comércio global de carne de frango, o Brasil aumentou o volume exportado em 16,5% nos últimos 12 anos. Dados da Secretaria de Comércio Exterior compilados pela ABPA mostram que o volume exportado pelos frigoríficos do país passou de 3,6 milhões de toneladas, em 2008, para mais de 4,2 milhões de toneladas. Na suinocultura, o país elevou as exportações sobretudo nos últimos dois anos, catapultado pela maior demanda provocada pela peste suína africana que dizimou o rebanho chinês. A expectativa é que, em 2020, as exportações brasileiras de carne suína totalizem 1 milhão de toneladas, quase o dobro do volume exportado em 2008. (LHM)