nov 29 2019

Produtos de descarte zero de leite são essenciais para atender à crescente demanda de lácteos, inclu


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento confirma que a China está abrindo o seu mercado para os produtos lácteos brasileiros, incluindo leite em pó e queijos. “A notícia é excepcional para o agronegócio nacional. E não poderia ser diferente. Afinal, estamos falando de um país gigante em tamanho e na economia, que hoje é o maior importador mundial de lácteos”, explica Lucas Tonelli, gerente de produtos para bovinos da Vetoquinol Saúde Animal.

O professor e pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA-Esalq/USP), Thiago Bernardino de Carvalho, informa que o Brasil não registra saldo positivo na balança comercial de lácteos desde 2014. “Naquele ano, as exportações totalizaram 10,1 mil toneladas, enquanto as importações atingiram 6,64 mil. Desde então, o país compra mais do que vende. Isso faz com que haja maior competição entre os produtos nacionais e estrangeiros, beneficiando consumidores locais, mas prejudica a produção em regiões menos eficientes, o que desestimula produtores”, explica o especialista.

Para atender à China e a outros potenciais importadores de produtos lácteos nacionais, toda a cadeia produtiva brasileira precisa estar preparada. “Isso começa nas propriedades, principalmente evitando desperdício de leite e cuidado da qualidade e segurança dos alimentos”, ressalta Lucas Tonelli. “A pecuária leiteira tem à sua disposição um arsenal de produtos para saúde animal, de altíssima qualidade, segurança e com descarte zero. Isso é indispensável principalmente para o tratamento e controle de doenças que causam prejuízos econômicos significativos, afetam o bem-estar e a produtividade dos animais e, consequentemente, impactam o mercado como um todo”, complementa Tonelli.

Descarte Zero é o programa da Vetoquinol Saúde Animal que ajuda os produtores a evitarem perdas devido à ocorrência de resíduos de medicamentos na hora de enviar o leite para os laticínios. “Esta alternativa está ao alcance do produtor”, ressalta o especialista da Vetoquinol. O programa Descarte Zero envolve orientações práticas e uma linha completa de produtos para saúde animal para os bovinos de leite, que não comprometem a composição do leite e podem ser utilizados até o dia anterior à ordenha e consequente envio à indústria. Destaque para Tolfedine CS, AcurA, Eprino Pour-On, Tanitop IGR, Polijet HD, Novatack Pour-On, Toxolin e Novatack Gold.

O Programa Destaque Zero inclui recomendações úteis para os produtores evitarem perdas na hora de entregar o leite aos laticínios, incluindo treinamentos, palestras, dias de campo e auxílio no diagnóstico de doenças para definição de protocolos de tratamento. “Quanto maior a produtividade e menor o desperdício mais apto o Brasil estará para atender às demandas do mercado externo, inclusive de um gigante como a China”, finaliza Lucas Tonelli.

Notícias Agrícolas