nov 8 2019

Com mercado aquecido, vendas de sêmen bovino aumentam 18% no Brasil


Está bastante aquecido o mercado de sêmen bovino. De janeiro a setembro, foram vendidas 11.450.505 doses no Brasil, um acréscimo de 18% sobre as 9.701.282 doses registradas no mesmo período de 2018, conforme a Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia).

“O aumento de 18% é a confirmação da valorização da genética, do melhoramento genético. Este é o único insumo permanente que se coloca na pecuária de leite e de corte, atuando no aumento da produção, na redução dos custos e no crescimento da sustentabilidade da pecuária de corte e leite”, afirma o presidente da Asbia, Márcio Nery Magalhães Júnior.

Ele continua: “Os números provam o ótimo desempenho e confirmam a minha previsão de que estamos caminhando para 18 milhões de doses em 2019”, afirma o presidente da Asbia, que acredita na continuação desse crescimento em 2020. “Logo, logo chegaremos a 25 milhões de doses”, enfatiza.

Segundo Nery, o crescimento se deve, principalmente, às raças de corte: foram mais de 7,9 milhões de doses comercializadas nos nove meses do ano, ante 6,4 milhões de doses no mesmo período do ano passado – um avanço de 23,6%.

As raças leiteiras tiveram crescimento nas vendas de 7,2%, passando de 3,2 milhões para 3,5 milhões de doses comercializadas de um ano para o outro.

Globo Rural