nov 13 2019

Abates de bovinos, suínos e aves têm alta


Os abates de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária somaram 8,355 milhões de cabeças no terceiro trimestre deste ano, com incrementos de 4% em relação ao período imediatamente anterior e de 0,5% ante o intervalo de julho a setembro de 2018. O resultado, preliminar, faz parte da Pesquisa de Abate Trimestral, divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O movimento confirma a tendência de expansão da oferta brasileira de carnes em tempos de demanda aquecida no exterior - sobretudo na China, por causa da epidemia de peste suína africana.

Conforme o IBGE, os abates de suínos somaram 11,674 milhões de cabeças no Brasil de julho a setembro, com aumentos de 2,4% ante o segundo trimestre e de 0,8% sobre o terceiro trimestre de 2018. Já os abates de frangos atingiram 1,47 bilhão de cabeças de frangos, com altas de 3,3% e 3,1%, respectivamente.

Valor Econômico