set 20 2019

Produção nacional de leite cresceu 1,6% no ano passado, aponta IBGE


A produção brasileira de leite totalizou 33,8 bilhões de litros no ano passado, um crescimento de 1,6% ante 2017, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 20 de setembro, pelo IBGE. A Região Sul deteve 34,2% da produção nacional, seguida pelo Sudeste, com 33,9%. No ano, o aumento na produção foi impulsionado pela Região Nordeste. Os três municípios com maior produção foram Castro (PR), Patos de Minas (MG) e Carambeí (PR).

O efetivo de vacas ordenhadas no País foi estimado em 16,4 milhões de animais, 7,7% do efetivo de bovinos do país, o equivalente a uma queda de 2,9% em relação à quantidade ordenhada no ano anterior. A produtividade média subiu 4,7% em 2018, para 2.069 litros por vaca ao ano.

A Região Sul manteve a liderança da produtividade nacional, com 3.437 litros por vaca ao ano, um aumento de produtividade de 4,3% em relação a 2017. Os municípios com maior produtividade foram: Araras (SP), Carambeí (PR) e Castro (PR). O preço médio nacional foi de R$ 1,16 por litro de leite, aumento de 4,7% em relação a 2017, alcançando um valor de produção de R$ 39,3 bilhões em 2018.

O maior preço médio foi encontrado na Região Nordeste (R$ 1,26 por litro), enquanto o menor preço médio foi observado na Região Norte (R$ 0,99 por litro). A produção nacional de leite não fiscalizada explica a diferença entre o total de leite produzido no país estimado pela Produção da Pecuária Municipal e a quantidade de leite cru adquirida pelos laticínios sob inspeção sanitária (24,5 bilhões de litros), obtida pela Pesquisa Trimestral do Leite. A produção de leite fiscalizada correspondeu a 72,3% do total produzido no Brasil em 2018, explicou o IBGE.

Portal DBO