set 13 2019

Para atender China, Marfrig contratará 400 funcionários em SP


Para atender a demanda da China, a Marfrig Global Foods, segunda maior indústria de carne bovina do país, informou nesta sexta-feira que está contratando 400 pessoas para a área de desossa do abatedouro de Promissão, no interior de São Paulo.

As contratações ocorrem sete meses após a empresa ter demitido o mesmo contingente de pessoas em Promissão. À época, a companhia informou que os desligamentos visavam a “readequação nas atividades realizadas na planta no período noturno”.

De lá para cá, as exportações brasileiras de carne bovina ganharam força, o que justifica a necessidade da Marfrig de recontratar pessoas.

Maior importador de carne do Brasil, a China vem intensificando as compras do produto em razão da epidemia de peste suína africana que dizimou seu plantel.

Como a China só importa carne desossada do Brasil, a Marfrig decidiu contratar mais funcionários em Promissão. O frigorífico do interior paulista emprega mais de 2 mil funcionários e abate 1,1 mil bovinos por dia.

No início da semana, a China habilitou mais dois abatedouros de bovinos da Marfrig (Tangará da Serra e Várzea Grande, em Mato Grosso) para a exportação.

Com isso, a empresa passou a ter cinco unidades no Brasil habilitadas a exportar para o país asiático. Considerando as unidades do Uruguai e Argentina, são 11 frigoríficos da Marfrig habilitados.

Valor Econômico