ago 22 2019

Pecuaristas fundam associação GPB, para maior representatividade


São Paulo, 22 – O Grupo Pecuária Brasil, ou GPB, que nasceu nas redes sociais por meio de troca de mensagens entre pecuaristas de São Paulo, acaba de se tornar uma entidade institucionalizada, com estatuto e contrato social. O objetivo é se tornar uma das principais entidades representativas dos pecuaristas no País, conforme nota da entidade divulgada nesta quinta-feira, 22.

“Com a institucionalização, o GPB entra em uma nova etapa de sua história curta, mas muito produtiva. A agremiação começou há cerca de cinco anos no Whatsapp, transferindo-se depois para o Telegram. É constituído por pecuaristas, técnicos, comerciantes e prestadores de serviços, com o objetivo de fazer o bem e trazer prosperidade para o setor pecuário”, explica o pecuarista e presidente do GPB, Osvaldo Furlan Junior.

O GPB e seus grupos coligados contam hoje com 12.170 membros de 189 municípios, 17 Estados e Distrito Federal, além de integrantes de três países. No total, seus membros possuem 1,6 milhão de cabeças de gado e abatem 985 mil animais por ano.

Uma das iniciativas de maior destaque do GPB é o Balizador de Preços do Boi Gordo, iniciativa que congrega, em detalhes, as informações dos próprios pecuaristas sobre negócios realizados com a indústria frigorífica e preços fechados pelos animais.

O site da nova entidade é www.grupopecuariabrasil.com.br.

Dinheiro Rural