jul 15 2019

Agropecuária exportou US$ 8,34 bilhões em junho, recuo de 8,9% sobre 2018


O agronegócio brasileiro exportou em junho US$ 8,34 bilhões, recuo de 8,9% em relação a igual mês de 2018. Os principais produtos exportados foram carnes (bovina, suína e de frango) e milho. A informação é do Ministério da Agricultura, em nota. Assim, a participação do agronegócio na balança comercial brasileira alcançou 46,3% no mês passado. Já no acumulado do primeiro semestre, as exportações do agronegócio somaram US$ 47,69 bilhões, 3,6% inferior ao que foi registrado de janeiro a junho de 2018, de US$ 49,48 bilhões.

O ministério informa que as exportações de carne tiveram forte alta em junho de 2019 na comparação com igual mês de 2018. Foi exportado o equivalente a US$ 1,32 bilhão em carnes (+84,8%). Grande parte dessa expansão ocorreu em função do aumento da quantidade de carne exportada (+72,2%) embora o preço médio de exportação das carnes também tenha subido (+7,3%). Todas os principais tipos de carnes tiveram avanço no valor exportado, a exceção às carnes de peru (-20,2%).

A principal carne exportada em junho foi a carne de frango, com US$ 629,95 milhões (+76,7%). As vendas externas de carne bovina subiram 93%, atingindo US$ 514,41 milhões (+93%). A carne suína teve o maior incremento dentre as carnes, subindo 112,1% e atingindo US$ 136,30 milhões.O milho, com avanço de 932% nas vendas, alcançou US$ 272 milhões, com embarques de 1,4 milhão de toneladas do grão.

Os principais países compradores foram Vietnã (US$ 85,1 milhões), Irã (US$ 78,2 milhões) e Japão (US$ 24,4 milhões).Já as importações de produtos agropecuários também diminuíram 1,2%, para US$ 6,96 bilhões no primeiro semestre deste ano. O saldo da balança do agro no semestre foi superavitário em US$ 40,7 bilhões. A participação ficou em 43,4% do total das exportações brasileiras.

Globo Rural