jul 11 2019

Título: Mercado do boi gordo “esfriou"


As baixas temperaturas observadas em diversos estados do Sul e Centro-Oeste do Brasil durante essa semana “forçou” os pecuaristas a entregarem o restante da boiada que estava no pasto.

Em São Paulo, esse aumento momentâneo da oferta permitiu que os frigoríficos alongassem as programações de abate.

As escalas das indústrias paulistas estão atendendo, em média, uma semana.

No estado, as indústrias saíram às compras testando o mercado para baixo ao longo dos últimos dias e a arroba do boi gordo sofreu desvalorizações.

Desde o início da semana a queda foi de R$1,50/@.

Apesar dos atuais reajustes negativos para o boi gordo, estamos no período de entressafra e a oferta de animais de cocho ainda não é expressiva.

Ou seja, passado esse período de desova final dos animais provenientes das pastagens a tendência é que o mercado volte a se firmar.

Letícia Vecchi / Scot Consultoria