jun 6 2019

Um olho nas notícias e outro nos estoques de carne


Com a confirmação do caso atípico de vaca louca e a suspensão das exportações para a China, os frigoríficos têm pressionado o mercado.

Como estamos em período de final de safra e as escalas já não estavam apertadas antes da divulgação e confirmação do caso, os compradores impuseram pressão de baixa, com desvalorizações relevantes em diversas praças, mesmo com volume menor.

Os preços no atacado e varejo de carne bovina cederam, mais detalhes na página 11. A tendência é que com a volta das exportações à China o ritmo de compras de boiadas seja retomado de maneira intensa.

Isto porque, os estoques que iriam para o país estão sendo redirecionados e, quando os embarques retornarem, a indústria precisará recompor a produção para o destino.

Espera-se que a retomada das vendas para o destino não demore. No entanto, mesmo que se prolongue mais que o esperado, o momento de pressão de baixa maior para o boi gordo deve ser mais sentido em curto prazo, até o ajuste dos estoques. Lembrando que estamos entrando na entressafra.

Hyberville Neto - Scot Consultoria