mai 24 2019

Mercado do boi sem força para retomada de preço


Normalmente, a segunda metade do mês é um período com desvalorização no mercado do boi, devido ao menor escoamento. Além disso, estamos no período da desova de final de safra.

Contudo, as chuvas prolongadas este ano têm feito com que a desova da safra ocorra de maneira mais compassada, limitando a desvalorização no mercado.

No acumulado da segunda quinzena do mês, na média das trinta e duas praças pesquisadas, o preço do boi gordo teve retração de 0,1%, ou seja, praticamente estável.

Outro ponto que também tem colaborado com a menor intensidade da desvalorização é a exportação, que segue em bom ritmo. O dólar em patamar mais alto em relação ao ano passado colabora com os embarques em alta, além da demanda chinesa.

Para as próximas semanas, o volume de boiadas do primeiro giro de confinamento deve aumentar, contudo, a virada do mês se aproximando, com melhoria de consumo, pode limitar as quedas.

Felippe Reis / Scot Consultoria