mar 20 2019

Leite: após queda no consumo, expectativa é de preços mais firmes


Analistas de mercado de leite acreditam que em curto e médio prazo o cenário será marcado por preços firmes, isso porque pode ocorrer uma queda na produção da matéria-prima nas principais regiões produtoras. De acordo com a Scot Consultoria, do lado da demanda também espera-se uma melhora em relação a primeira quinzena de março.

Nos primeiros quinze dias do mês, o mercado atacadista de produtos lácteos fechou com recuo de 0,6% frente ao período anterior. O leite longa vida (UHT) ficou praticamente estável, com queda de 0,1%, cotado, em média, em R$2,55 por litro.

Ainda segundo a consultoria, desde a segunda quinzena de janeiro os preços do produto seguem estáveis, sem muitas alterações. O consumo mais fraco do produto na primeira semana de março, devido ao feriado de Carnaval, contribuiu para que esse cenário de estabilidade continuasse.

Já no varejo, em São Paulo, a situação foi de preços mais firmes. Na média de todos os produtos pesquisados pela Scot Consultoria, o aumento nos preços foi de 0,3% nos primeiros quinze dias do mês. Em relação ao mesmo período do ano passado, a cotação do produto está 20% maior nas gôndolas paulistas este ano.

Fonte: Canal Rural