jan 11 2019

Pecuária leiteira encara o desafio da sucessão no campo


As fazendas da pecuária leiteira no Brasil têm um desafio: o da sucessão. Para Adriano Flora De Nadai, gerente de negócios da Ordemilk, estabelecer a sucessão depende de dois fatores: paixão e profissionalização. Adriano concedeu uma entrevista especial para Alci da Costa Leite, CEO do RVTV.

“Há um crescimento exponencial. Os produtores estão decolando, e o mercado vem se expandindo”, afirma o especialista. “Temos cada vez mais ferramentas para o produtor entender e dominar o negócio como um todo”.

Adriano enfatiza que a sucessão é um desafio grande nos campos da pecuária de leite – como em outras culturas. Por isso, é preciso incentivar o jovem a se profissionalizar. “Uma visão global desse sentido seria a informação. Você lapidar a mão de obra especializada”, destaca.

“O jovem deve se interessar em fazer um planejamento da propriedade, da produção. Onde eu estou e para onde eu vou? O que eu vou ter que enfrentar para alcançar esse objetivo?”, questiona.
Adriano enfatiza, ainda, que a profissionalização deve ser alinhada à paixão em produzir alimento. “Em fazendas especializadas, você vê esse conceito. Cada um entende sua importância dentro da cadeia”.

Assim, de acordo com ele, não somente filhos de donos de fazendas, mas também da mão de obra, acabam se apaixonando pelo setor.

“Você vê os filhos tendo orgulho e querendo seguir a profissão. Atualmente investimentos muito em recursos humanos, para que as pessoas estejam preparadas para interagir com o animal”, afirma.

Conheça a Ordemilk – Nascida em 1999, no município de Treze Tílias (SC), a Ordemilk teve o propósito inicial de atender a agropecuária regional, disponibilizando produtos, ordenhadeiras e resfriadores, além de assistência técnica especializada e atendimento domiciliar aos produtores de leite.

Em 2007, a Ordemilk passou a fabricar sua os próprios resfriadores e demais produtos. Desde 2014, é a representante nacional da empresa norte-americana BouMatic, para a comercialização de ordenhadeiras automatizadas e tecnológicas, tanto aos pequenos quanto aos grandes produtores de leite do país.

Sempre idealizando novas tecnologias para atender o setor agropecuário, no ano de 2016 a Ordemilk iniciou suas atividades no ramo da suinocultura, produzindo equipamentos de alta qualidade e com ótima aceitação neste mercado. Desde então, a empresa continua ampliando e procurando satisfazer a crescente demanda.

Atualmente, a Ordemilk é líder de mercado no estado de Santa Catarina e atende todo o território nacional por meio de suas filiais, possuindo um corpo técnico especializado para desenvolvimento de produtos de alta qualidade e respondendo as necessidades de cada consumidor.

Fonte: RVTV