jun 29 2018

Tempo de mudança para arroba?


A medida que os efeitos da entressafra vão afetando o mercado, a tranquilidade dos frigoríficos vai acabando. Esta semana foi mais difícil para a indústria comprar boiadas e completar as escalas fazendo com que valorizações fossem registradas.

Na comparação semanal, das 32 praças analisadas, a cotação do boi subiu em treze, caiu em duas e nas restantes estabilidade, evidenciando o caráter altista. Em contrapartida, as valorizações não alcançaram o mercado da carne bovina.

O aumento nos preços das últimas semanas da carne sem osso, visto de forma independente, deixava a impressão de reação no consumo, entretanto a queda nas cotações da carcaça bovina, que é um produto mais sensível às variações da demanda, contradizia essa hipótese.

E no fechamento desta semana, o recuo das referências no mercado atacadista de carne sem osso foram alinhados à proposição de que o aumento registrado anteriormente era em função do reabastecimento do varejo e não da melhora do consumo.

Por fim, o enfraquecimento das vendas de carne pode ser um fator que, ao diminuir o apetite das indústrias, balize o comportamento da arroba.

Fonte: Marina Zaia - Scot Consultoria