abr 6 2018

Pesquisa mostra que produtores de carne bovina dão apoio cauteloso à rastreabilidade


O Plano Nacional de Longo Prazo da Indústria de Carne Bovina da Associação dos Produtores de Carne Bovina (NCBA) dos EUA (2016-2020) inclui o objetivo estratégico de “Realizar um estudo de viabilidade para entender a oportunidade econômica de abrir mercados novos e em expansão… e a oportunidade perdida no caso de surto de doença animal.”

Essa é uma iniciativa importante que resultou em um novo relatório divulgado na Convenção Anual de 2018 da NCBA em Phoenix chamado Sistemas de identificação e rastreabilidade de carne bovina dos EUA: oportunidades, obstáculos e incentivos em toda a cadeia de valor. O estudo abrangente, realizado pela World Perspectives, inclui revisão de literatura, análises econômicas, pesquisas do setor e entrevistas qualitativas.

Um dos componentes mais importantes do estudo World Perspectives inclui a avaliação das atitudes do produtor em relação à necessidade de rastreabilidade dentro da indústria. Assim, o estudo resume “a gama de respostas à questão de 1) implementação de, ou 2) integração com uma abordagem de identificação de animais e rastreabilidade nacionalmente significativa para gado”.

Os resultados indicam que aproximadamente 80% dos produtores de cria e recria podem ser categorizados como apoiadores desses esforços. Enquanto isso, 10% se classificam como resignados com a inevitabilidade de um programa mais amplo daqui para frente, e apenas 10% indicaram firme oposição.

Fonte: Beef Point